quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Franchini selecionado para o PortoCartoon World Festival - Junto dos melhores cartoonistas do mundo!

A obra selecionada de Franchini - Fez-se luz na Arte! 2015 e o  Júri da esq para a direita ,G.Wolinski ( Pres.Honorario) , Luis Humberto Marcos, Andrew Howard, Bernard Bouton, Luis Mendonca, Xaquin Marin e Roberto Merino Mercado

Capa do Catalogo 2015

Crítico de Arte brasileiro escreve sobre a arte de Franchini -


Gestação de universos

Cores fortes e vibrantes são uma característica essencial da obra de Franchini. 
O artista português se vale delas, por exemplo, em seus trabalhos em técnica mista sobre madeira em que surgem cenários lusos num espetáculo de manchas que se multiplicam ao nosso olhar gerando um castelo de emoções.
Atmosfera próxima, no sentido de uma imponência gentil, algo aparentemente contraditório, é cristalizada na série de desenhos sobre um tema complexo justamente pelas diversas maneiras como foi tratado por mestres da arte: Cristos. Os de Franchini são bem humorados e densos, sutis na construção e próximos da humanidade.
As características apontadas atingem seu ápice nos abstratos. O movimento e as tonalidades apresentadas têm como principal mérito uma gestualidade larga e explosiva. Encontra-se uma dinâmica expansionista marcada pela profusão de tramas e estabelecimento de uma rede de universos complexos e sedutores.
O conjunto visual que Franchini manifesta leva a uma reflexão da própria arte como uma densa expressão de um estar no mundo. Suas criações não são reações passivas, mas propostas visuais ati- vas de interferência e de gestação de renovados universos regidos pela cor e alegria.

Oscar D’Ambrosio integra a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA-Seção Brasil). É doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie e mestre em Artes pelo Instituto de Artes da Unesp.